Ligue para o escritório

E fale com dos advogados especialistas na sua causa.

+55 11 3386-0000

6 Pontos Importantes sobre Programas de Compliance em 2019
548
post-template-default,single,single-post,postid-548,single-format-standard,bridge-core-1.0.6,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_menu_slide_with_content,width_470,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

6 Pontos Importantes sobre Programas de Compliance em 2019

6 Pontos Importantes sobre Programas de Compliance em 2019

Caro leitor, no ano passado falou-se muito acerca de Programas de Compliance por causa da Lei nº 12.846/2013, inclusive, foi tema de muitas das nossas publicações (para ler acesse chavesadvocacia.com.br/publicacoes). E, durante este ano de 2019 não será diferente, muito se ouvirá sobre Compliance aqui no Brasil.

Continue esta leitura e entenda um pouco mais!!

A ética no mundo corporativo através de Programas de Compliance

Aderir aos programas de Compliance já é um diferencial frente à concorrência e a sua obrigatoriedade em muitos casos se tornou tendência no mundo corporativo.

Aquele “jeitinho brasileiro” está dando lugar à ética e a transparência nas relações comerciais, principalmente com o crescimento da exposição nas redes sociais.

O consumidor está mais seletivo e consciente. Somente a qualidade de um produto ou serviço prestado não é mais suficiente para ele se sentir convencido a efetuar uma compra.

Independente de porte ou segmento (há programas de Compliance para todos), os programas de integridade já colocam na frente empresas que aderiram ao Compliance. Desta forma, as relações comerciais com clientes e fornecedores são fortalecidas e impactam diretamente no fechamento de novos negócios.

Mesmo que a empresa não participe de licitações ou dependa de alguma licença especial, os benefícios do Compliance são muitos e estão diretamente ligados a imagem da empresa e sua reputação.

Consequentemente, isto vai de encontro à satisfação dos colaboradores em trabalhar em uma empresa idônea, melhorando o seu desempenho, aumentando a produtividade e diminuindo a rotatividade.

O monitoramento dos riscos minimiza questões jurídicas (trabalhistas, ambientais, tributárias, de ética, etc.) e em decorrência deste fato, causa um efeito positivo nas questões financeiras da empresa, seja gerando economia que poderá ser revertida em investimento, seja para adquirir novos recursos ou parceiros. 

Com a entrada do novo governo, notamos que muitas medidas estão sendo tomadas para combater a corrupção e crimes financeiros que assolam nosso país.

 

Então vamos aos 6 pontos importantes, que merecem atenção para os Programas de Compliance em 2019.

1) Programa de Compliance maduro e eficaz

O comportamento corporativo está totalmente atrelado à cultura organizacional de uma empresa.

Quando se implanta um programa de Compliance são instituídos treinamentos constantes e medidas de incentivo para que todos os envolvidos, independente do departamento que esteja inserido no programa tenha a ciência de agir em prol de um bem comum.

A maturidade de um programa de Compliance requer dedicação e um esforço coletivo para alcançar os seus objetivos.

2) Ampliação do Assessment de Riscos do Compliance

compliance deverá se estender para outras áreas da empresa, sejam elas ligadas ao controle interno ou externo, comercial e até mesmo operacional.

Práticas concorrenciais ilícitas, entre outros atos, como por exemplo, lavagem de dinheiro, devem ser contempladas no mapeamento.

Estabelecer um controle de riscos eficiente é a melhor forma de avaliar o que já foi estruturado no programa de Compliance e no que está por vir.

3) Topo da pirâmide envolvido

Executivos e líderes de uma empresa são as primeiras pessoas que devem estar dispostas a mudar a sua conduta e compreender que além de ser exemplo para os colaboradores aderirem ao programa, o Compliance é fundamental para os bons negócios.

4) Proteção de dados e gerenciamento de informações pessoais

Vivemos em uma era virtual, onde informações circulam pela Internet a todo o momento, modelos de negócios virtuais estão em evidência, “dados” se tornaram algo muito valioso e que atrai olhares desconhecidos. Neste contexto, os ataques cibernéticos se intensificaram.

Lei 13.709/2018, mais conhecida como Lei de Geral Proteção de Dados (LGPD), que entrará em vigor em fevereiro de 2020, vem para colocar regras e tornou-se imprescindível que as empresas invistam na segurança dos dados de usuários.

As empresas têm este período para se adaptar as novas regras, inclusive, inserir este tema na cultura organizacional do seu negócio.

Sendo assim, as empresas terão que estar em Compliance para oferecer segurança aos seus usuários.

As multas para quem não cumprir com as determinações são altas. Desta forma, adotar políticas de segurança mantém a empresa competitiva ampliando suas possibilidades para novos negócios.

5) Inclusão da diversidade

Torna-se necessário implantar uma política que pregue a igualdade, promovendo o respeito e um local de trabalho harmônico para todos.

Ainda lidamos com este tema como um desafio, pois muitas vezes a própria liderança não se engaja o suficiente para que a discriminação e assédio sejam exterminados de uma vez por todas.

O papel do Compliance deixa de estar apenas voltado para as questões de corrupção e controle interno, mas torna-se essencial quando passa a  proteger a integridade da empresa como um todo.

6) Tecnologias aliadas ao Compliance

O uso de tecnologias facilita o monitoramento interno e de clientes realizado pela área de Compliance, otimizando o fluxo das informações e tornando a comunicação entre os departamentos e a diretoria mais efetiva.

Com o uso de ferramentas tecnologias é possível inibir fraudes (voluntárias ou involuntárias), reduzir falhas e contar com dados extremamente confiáveis.

 

Um programa de Compliance bem estruturado vai de encontro aos objetivos da empresa promovendo assim, a sua sustentabilidade.

 


Precisa de mais informações sobre Programa de Compliance para sua empresa?

Preencha o formulário, que um advogado especialista em Direito Empresarial poderá te orientar.

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

O escritório Chaves Advocacia atua há mais de 10 anos no Direito Empresarial, Tributário e Trabalhista, assessorando empresas de todos os portes e startups, realizando um planejamento jurídico e tributário adequado para cada segmento.

Solicite o contato de um advogado especializado em Direito Empresarial , Tributário e Trabalhista.

Temos a certeza da solução para o seu negócio crescer de forma saudável, correta e organizada.

 

Entre em contato conosco, acesse e preencha o formulário para atendimento sobre Direito Empresarial!

Ou ligue agora para falar com um advogado 11 3386-0000

william
2 Comentários

Postar Um Comentário