Ligue para o escritório

E fale com dos advogados especialistas na sua causa.

+55 11 3386-0000

Autodeclaração de renda para receber auxílio emergencial de R$ 600,00
Está desempregado, é MEI ou autônomo e quer receber o auxílio emergencial de R$ 600,00? Veja como fazer a autodeclaração de renda e ter direito a receber este benefício.
corona voucher, coronavirus, beneficio, 600
1262
post-template-default,single,single-post,postid-1262,single-format-standard,bridge-core-1.0.6,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,side_menu_slide_with_content,width_470,qode-theme-ver-18.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive
Corona Voucher de R$600,00

Autodeclaração de renda para receber auxílio emergencial de R$ 600,00

Está desempregado, é MEI ou autônomo e quer receber o auxílio emergencial de R$ 600,00?
Veja como fazer a autodeclaração de renda e ter direito a receber este benefício.

Para combater os efeitos causados pela pandemia do Coronavírus, o Governou vai liberar o auxílio emergencial à trabalhadores informais autônomos, MEI e desempregados no valor de R$ 600,00.

Conforme já informamos em artigo anterior sobre este tema, clique aqui e confira, para receber este auxílio, o beneficiário deve preencher alguns requisitos.

Trabalhadores autônomos e desempregados que comprovem a necessidade deste apoio durante a pandemia do Coronavírus e que não estão contribuindo com o INSS, deverão fazer uma autodeclaração de renda para receber o auxílio emergencial.

A autodeclaração de renda deverá ser feita através do Cadastro Único, através do aplicativo Meu CadÚnico apenas pelos pelas pessoas que ainda não se cadastraram.

O documento ainda NÃO está disponível para preenchimento dos interessados, pois antes, será verificado pelo Ministério da Cidadania a fim de evitar fraudes.

A autodeclaração de renda é um documento necessário para que o Governo verifique se as famílias interessadas na concessão do auxílio emergencial que realmente se enquadrem no público alvo desta medida.

Quantos benefícios serão possíveis acumular por família?

Somente será permitido que 2 pessoas da mesma família acumulem benefício.

Mãe solteira ou pai solteiro (famílias monoparentais) terão direito a 2 cotas do auxílio emergencial no valor total de R$ 1.200,00 por mês durante 3 meses.

QUEM RECEBE BOLSA FAMÍLIA DEVERÁ OPTAR PELO BENEFÍCIO QUE CONSIDERAR MAIS VANTAJOSO.

Que NÃO tem direito de receber o auxílio emergencial?

– quem trabalha CLT;
– funcionários públicos mesmo que temporários;
– titulares de mandatos eletivo.

Como o benefício do auxílio emergencial será pago?

Será pago através de bancos públicos federais por meio de uma conta do tipo poupança social digital, aberta automaticamente em nome do beneficiário e livre da cobrança de qualquer taxa.

Não será necessário apresentação de documento e o usuário poderá fazer uma transferência por mês para o banco de sua preferência.

Se você tem dúvidas em relação as medidas emergenciais praticadas pelo Governo, entre em contato com a Chaves Advocacia.

Nossa equipe irá atender você e sanar todas as suas dúvidas sobre as medidas emergenciais que o Governo está adotando para minimizar os efeitos provocados pela pandemia do Coronavírus.

Ainda tem dúvidas ou deseja saber mais sobre os seus benefícios, utilize o calendário ao lado para agendar um contato com o advogado especialista.

Ele entrará em contato para prestar o esclarecimento que você precisa!

 

william
2 Comentários
  • Weverton Fernandes
    Postado em 21:37h, 01 abril Responder

    Tirei algumas dúvidas..sobre este benefício!
    Muito obrigada

  • JAILSON RIBEIRO DA SILVA
    Postado em 23:50h, 06 abril Responder

    GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO, ESTOU DESEMPREGADO A SEIS MESES, E TB QTO FICA PRO ADEVOGADO? SE TENHO Q PAGAR ANTES OU DEPOIS.

Postar Um Comentário